Selo Literário

Os olhos que comiam carne

Sobre ” Os olhos que comiam carne” e outros contos de terror.

Ao selecionar os contos escritos por Humberto de Campos há mais de 80 anos, tomei como ponto de partida a sedução que essas histórias exerciam sobre mim desde a primeira infância. Experência vivida durante as férias de janeiro,período das tempestades amazônicas que costumavam trazer também a falta de energia, quando uma voz de avô depois do jantar criava sensações novas no coração, impressões de que o desconhecido seria, talvez, só talvez, maior do que poderíamos conhecer ou suportar, criando dúvidas, fantasias e aquecendo o afeto entre os mais novos e os mais velhos.

Passados os sustos necessários, vinha a espera pelo dia seguinte e com ele, as novas aventuras pelo desconhecido.Uma paixão que na adolescência me remeteria aos romances góticos, histórias de suspense, poemas românticos e as narrativas de mestres como Edgar Alan Poe, Emily Brontë, Bram Stocker, Jorge Luís Borges e Italo Calvino.O autor maranhense Humberto de Campos é uma das lembrançasque guardei e um perfeito representante das narrativas de terror com influência fantástica no cenário Brasileiro.

Inspirado na mitologia grega, em outros escritores europeus, ele inverte a ordem dos acontecimentos e

instaura a dúvida na memória do leitor, com uma escrita refinada e de qualidade poética.Como leitora ativa que sou atualmente do gênero das narrativas de terror, me cabe agradecer a Lourival de Oliveira Figueiredo, meu avô, que declamava poemas e narrava o estranho depois do jantar, a voz por traz das  histórias ouvidas quando meninas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s